telessaude_horizontal-site.png
Loja do Google Facebook Instagram Twitter Linkedin Youtube linkedin.png WhatsApp Business

27 de novembro - Dia Nacional de Combate ao Câncer de mama

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Para 2021, a estimativa do Inca é de 66 mil novos casos de câncer de mama.

No dia 27 de novembro é celebrado o Dia Nacional de Combate ao Câncer de mama. Criada pelo Ministério da Saúde, a data tem como objetivo conscientizar a população sobre a doença, o tratamento e, principalmente, sobre a prevenção.  A data foi estabelecida pela Lei 12.116, de 2009, aprovada pelo Congresso Nacional.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), estima-se que 59.700 casos novos de câncer de mama no Brasil foram diagnosticados durante o biênio 2018-19, com um risco estimado de 56,33 casos a cada 100 mil mulheres.

Sem considerar os tumores de pele não melanoma, esse tipo de câncer também é o primeiro mais frequente nas mulheres das regiões Sul (73,07/100 mil), Sudeste (69,50/100 mil), Centro-Oeste (51,96/100 mil) e Nordeste (40,36/100 mil). Na Região Norte, é o segundo tumor mais incidente (19,21/100 mil).

Prevenção

Medidas preventivas e hábitos saudáveis são aliados para prevenir e tratar tipos diversos de câncer, entre eles o de mama.

Entre as atitudes a serem tomadas são:

  • dieta variada e saudável, com muita fruta, verduras, legumes e fibra;
  • evitar o consumo de bebidas alcoólicas;
  • não fumar;
  • praticar atividade física regularmente.

No mundo há uma significativa redução de mortalidade deste câncer por conta do diagnóstico precoce e de tratamentos eficientes.

O Inca recomenda a mamografia para mulheres a partir dos 50 anos, assim como exames periódicos de rastreamento para verificar lesões pequenas imperceptíveis ao apalpar. Em caso de sentir nódulos, secreção ou mamilo invertido, procurar um médico.

A estimativa é que cerca de 30% dos casos podem ser evitados com a adoção de hábitos simples como praticar atividades físicas, alimentação saudável e controle de peso, evitar bebidas alcoólicas e cigarros, amamentar e evitar hormônios sintéticos.

No caso da amamentação, estima-se que o risco de desenvolver câncer de mama diminui de 4,3% a 6% a cada 12 meses de duração da amamentação.

mama.gif
Health

Pandemia

Neste ano, a pandemia da covid-19 tem desestimulado as pessoas a procurar os serviços de saúde. Todos os serviços de diagnóstico sofreram uma redução drástica no número de pacientes, e o atraso na descoberta da doença pode reduzir as chances de cura.

Referências

https://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/dia-nacional-de-combate-ao-cancer-de-mama-saiba-como-prevenir/
https://tvjornal.ne10.uol.com.br/noticias/2020/11/27/dia-de-luta-contra-o-cancer-de-mama-marca-necessidade-de-prevencao-199514

Tags: ,

Telessaúde São Paulo

E-mail: telessaude.sp@unifesp.br - Telefone: (11) 3385-4211

Endereço: Rua Pedro de Toledo, 715 - Piso superior - Vila Clementino - São Paulo - SP - 04039-032