telessaude_horizontal-site.png
Loja do Google Facebook Instagram Twitter Linkedin Youtube linkedin.png WhatsApp Business

25 de novembro, dia do doador de sangue

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Doe Sangue Regularmente. Tem sempre alguém precisando de você.

Elaborado por Andrea Pereira Simoes Pelogi e Nicole Gomes de Souza

No dia 25 de novembro, comemora-se o Dia Nacional do Doador de Sangue. A data tem como objetivo agradecer aos doadores de sangue pela ação de doar e busca sensibilizar a população para a importância da doação.

O mês de novembro foi escolhido por preceder um período de estoques baixos nos bancos de sangue. A proximidade das férias, de datas comemorativas de fim de ano, carnaval e outros períodos de feriados prolongados torna esse dia especialmente importante para promover o ato solidário e regular da doação de sangue, independente de se conhecer ou não pacientes que necessitam de transfusão.

Na semana do 25 de novembro, os serviços de hemoterapia de todo o país estão mobilizados em campanhas locais para o fortalecimento da doação de sangue. O sangue doado é utilizado para pessoas com doenças hematológicas variadas, câncer, pessoas que se submetem a cirurgias eletivas de grande porte e para emergências.

Segundo o Ministério da Saúde, 1,8% da população doa sangue de forma regular, índice que fica abaixo do parâmetro de 2% definido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e abaixo dos 5% registrados em países da Europa.

Existe sempre alguém precisando da sua ajuda!

 

Entenda um pouco mais sobre a doação de sangue

Doação de sangue é o processo pelo qual um doador voluntário tem seu sangue coletado para armazenamento em um banco de sangue ou hemocentro para uso subsequente em transfusões de sangue.

O sangue é um composto de células que cumprem funções como levar oxigênio a cada parte do nosso corpo, defender nosso organismo contra infecções e participar na coagulação. Não existe nada que substitua o sangue.

A quantidade de sangue retirada não afeta a sua saúde porque a recuperação é imediatamente após a doação. Uma pessoa adulta tem em média cinco litros de sangue e em uma doação são coletados no máximo 450ml de sangue. É pouco para você e muito para quem precisa! Você passará por uma entrevista que tem o objetivo de dar maior segurança para você e aos pacientes que receberão o seu sangue. Seja sincero ao responder as perguntas!

Todo sangue doado é separado em diferentes componentes (hemácias, plaquetas e plasma) e assim poderá beneficiar mais de um paciente com apenas uma unidade coletada. Os componentes são distribuídos para os hospitais para atender aos casos de emergência e aos pacientes internados.

Quem pode doar?

Para ser um doador, é necessário estar em boas condições de saúde e alimentado, pesar mais de 50 quilos e ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos. Menores de 18 anos devem verificar documentos necessários e formulário de autorização.

Além disso, evitar o consumo de alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e a ingestão de bebidas alcoólicas 12 horas antes de doar. Estar descansado e ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas.

Homens podem doar até quatro vezes por ano, mantendo intervalo de dois meses entre as doações. Já as mulheres podem doar três vezes, sendo o intervalo de três meses.

Candidato deve levar no dia documento de identidade original com foto recente.

Pandemia

Quem teve covid-19 pode doar sangue?

Confira a seguir os critérios de triagem em relação à doença e as condições estabelecidas:

  • Candidatos que apresentaram infecção pela covid-19 são considerados inaptos por um período de 30 dias, após recuperação clínica completa (assintomáticos).
  • Candidatos que tiveram contato direto (domiciliar ou profissional) com casos suspeitos ou confirmados de contaminação por coronavírus devem aguardar 14 dias após o último dia de contato para realizar a doação de sangue.
  • Profissionais da saúde (médicos, enfermeiros, entre outros) que tiveram contato direto (domiciliar ou profissional) com pacientes devem aguardar 14 dias após o último dia de contato, para realizar a doação de sangue.
  • Novos critérios para uso de equipamentos de proteção individual utilizados pelos profissionais da área técnica.

Quem não pode doar temporariamente ?

Principais impedimentos temporários:

  • Se a pessoa estiver com gripe ou resfriado, deve esperar até 7 dias após o desaparecimento dos sintomas.
  • Gravidez.
  • 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana.
  • Amamentação (se o parto ocorreu há menos de 12 meses).
  • Tatuagem ou maquiagem definitiva nos últimos 12 meses.
  • Qualquer procedimento endoscópico (endoscopia digestiva alta, colonoscopia e rinoscopia): aguardar 6 meses.
  • Confira outros impedimentos à doação no link "Quem não pode doar".

Hospital São Paulo

Além de atender ao Hospital São Paulo (HSP/HU Unifesp), o Hemocentro Unifesp também abastece:

✅Hospital do Rim e Hipertensão (HRim)
✅Hospital Geral de Pirajussara
✅Hospital Estadual de Diadema
✅Hospital Municipal Vereador José Storopolli – Vila Maria
✅Hospital Brigadeiro
✅Hospital Geral de Guarulhos

Hashtags

#DoeSangue, #SalveVidas! #unifesp #somosunifesp #hemocentrounifesp #hemocentrohsp #doaçãodesangue #25DeNovembro #DiaNacionalDoDoadorVoluntárioDeSangue #SolidaderiedadeNaVeia  #MinistériodaSaúde #SaúdeDigital #SomosUnifesp #SUS #SistemaÚnicodeSaúde #TelessaúdeSP #AtençãoPrimária #Telehealth #Telessaúde #Telemedicina

Referências

http://www.blog.saude.gov.br/index.php/promocao-da-saude/53653-dia-nacional-do-doador-de-sangue

https://www.terra.com.br/vida-e-estilo/saude/dia-do-doador-de-sangue-e-celebrado-nesta-quarta-feira-saiba-como-participar,046c49177da98142eacba61da0b163cfxjglnxl9.html

Telessaúde São Paulo

E-mail: telessaude.sp@unifesp.br - Telefone: (11) 3385-4211

Endereço: Rua Pedro de Toledo, 715 - Piso superior - Vila Clementino - São Paulo - SP - 04039-032