telessaude_horizontal-site.png
Loja do Google Facebook Instagram Twitter Linkedin Youtube linkedin.png WhatsApp Business

Aviso Importante! O Telessaúde São Paulo não aplica vacinas! 

Qual a diferença entre eficácia, eficiência e efetividade das vacinas ?

Avaliação do Usuário: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Eficácia

substantivo feminino

Qualidade daquilo que alcança os resultados planejados; característica do que produz os efeitos esperados, do que é eficaz.

O termo eficácia refere-se aos resultados dentro de um estudo clínico da vacina.

É o mundo ideal, o desejado. Aqui a substância é analisada em um ambiente controlado. Ela é eficaz quando produz o efeito esperado.

Primeiramente, os voluntários que receberão a vacina são divididos em dois grupos, um grupo irá receber um placebo, isto é, uma “vacina” que não possui os componentes para fazer efeito, enquanto o segundo grupo receberá doses verdadeiras da vacina que deseja-se testar. Normalmente, nem quem administra a vacina e nem quem recebe sabe se está recebendo um placebo ou uma vacina de verdade. Este procedimento visa a aumentar a credibilidade do resultado ao eliminar interferências que poderiam alterar o resultado.

Após certo tempo, verifica-se quantas pessoas ficaram doentes e quantas pessoas não adquiriram a doença, ficaram “protegidas” pela vacina. Se foi a vacina que conferiu imunidade a essas pessoas e não o placebo, será constatada a eficácia da vacina. Quanto menos voluntários ficaram contaminados no grupo que recebeu o imunizante, mais eficaz é a vacina.

Efetividade

substantivo feminino

Faculdade de produzir um efeito real; capacidade de produzir o seu efeito habitual, de funcionar normalmente.

é o mundo real, com todas as adversidades. Aqui a substância é colocada à prova com um conjunto diverso de pessoas, em suas mais adversas condições. Ela é efetiva quando observada da perspectiva realista.

Eficiência

substantivo feminino

Capacidade de realizar tarefas ou trabalhos de modo eficaz e com o mínimo de desperdício; produtividade.

A eficiência é um indicador que mede o impacto da vacinação.

A eficiência está atrelada à relação custo-efetividade. Tem que pesar o quanto aquilo é efetivo e o quanto está custando. 

A eficiência refere-se ao que realmente acontece após uma campanha de vacinação em massa da população: qual foi a redução no número de casos da doença, no número de hospitalizações e quantas mortes foram evitadas. Isso irá depender de fatores como: a quantidade de doses tomadas, o número de pessoas vacinadas em cada região, como foi a cobertura vacinal e qual foi o grupo alvo.

 

Fonte

 

Tags: ,

Telessaúde São Paulo

E-mail: telessaude.sp@unifesp.br - Telefone: (11) 3385-4211

Endereço: Rua Pedro de Toledo, 715 - Piso superior - Vila Clementino - São Paulo - SP - 04039-032